O passo a passo para organizar uma mudança

O passo a passo para organizar uma mudança

O cenário de pandemia e isolamento social, fez com que o mercado imobiliário crescesse bastante! 

Devido a taxa de juros Selic baixa, surgiu uma nova demanda por imóveis espaçosos criada pelo confinamento e muitas famílias decidiram se mudar.

Organizar uma mudança não é uma tarefa fácil. Encaixotar tudo e levar para outro imóvel exige paciência e tempo. Contudo, é possível simplificar esse processo e torná-lo mais eficiente gastando menos tempo e dinheiro.

Veja abaixo algumas dicas que separamos para te ajudar nesse processo tão importante!


Desapegue

Muitas vezes, a casa nova não possui espaço suficiente para todos os seus móveis antigos ou precisa de novos para melhor aproveitamento de espaço.

Por isso, a mudança é o momento certo para dar uma geral nos seus pertences! 

Na hora de separar em caixas, procure analisar aquilo que você quer manter, que pode ser doado e o que deve ser jogado fora.

Isso garante que seu novo lar tenha apenas o que é necessário e querido para você!


Separe em caixas

Após decidido o que deve ser mantido na nova casa, separe as caixas de acordo com os cômodos da casa. 

Desse jeito, quando for a hora de desempacotar e organizar os móveis você já saberá onde encontrar cada coisa e ficará mais fácil arrumar os ambientes mais importantes primeiro.

Além disso, é importante lembrar de algumas dicas na hora de encaixotar:

1. Não sobrecarregue as caixas com muito peso. Isso evita que elas se abram

2. Reforce com fita todas as laterais, fundo e parte de cima da caixa

3. Coloque pequenas etiquetas com o que contém dentro de cada uma das caixas

4. Embale louças e outros objetos frágeis com jornal ou plástico bolha


Tenha cuidado

O cuidado com objetos frágeis também é essencial, afinal, não tem nada pior do que chegar em casa e descobrir que alguns dos seus pertences quebraram ou foram prejudicados durante o transporte.

É muito importante não deixar espaços sobrando nas caixas, pois isso permite que os objetos se balancem, saiam do lugar e se choquem entre eles. Para isso, coloque jornal amassado entre os pertences e nas laterais da caixa. 

Quando mais papel para absorver os impactos do transporte melhor!

Para os móveis, o ideal é embalar com mantas para que não sejam arranhados ou danificados. Já as louças podem ser embaladas em plástico bolha ou em jornal, garantindo sua segurança e mantendo elas limpas.


Separe os objetos de valor

Se é importante ter cuidado com objetos frágeis, com aqueles que são de valor a atenção deve ser redobrada. 

Por isso, não os deixe na mão de terceiros. Perdas e furtos podem acontecer e não há como os prever, então é melhor que sejam evitados.

Leve os pertences caros, como joias, documentos e itens de valor sentimental com você. 


Separe um kit de objetos de uso diário

Muitas pessoas esquecem de separar um kit contendo tudo que será usado até o último dia da mudança. Esse kit pode facilitar muito durante processo e também depois.

Nesse kit devem conter itens de higiene pessoal e utensílios da cozinha. Dessa forma, não será necessário abrir caixas todos os dias para tomar banho ou comer. 

Além do mais, ao chegar na nova casa, eles devem ser os primeiros a serem desempacotados pois serão essenciais no dia a dia. Logo, colocá-los todos juntos em uma caixa facilitará muito!

Receba Novidades

Cadastre-se e receba as novidades do mercado imobiliário em seu email.

Blog Leardi - Últimas Notícias

Fique por dentro das novidades do mercado imobiliario e de franquias. Oportunidades, dicas, informação.