Atividades para crianças durante o home office

Atividades para crianças durante o home office

Um dos muitos desafios que o isolamento trouxe para as famílias é o conciliamento do trabalho e dos filhos, e realmente pode ser mesmo complicado aliar estes dois mundo.

Depois dos conselhos de como manter a produtividade em home office e como equilibrar a família e o trabalho em casa, agora apresentamos dicas práticas para manter as crianças ocupadas e, principalmente, em atividades saudáveis.




Essas dicas são essenciais para ajudar mães e pais a terem uma rotina de trabalho tranquila ao mesmo tempo que mantém um ambiente familiar positivo.


1. Explique a situação

Diálogo é sempre essencial. As crianças têm a tendência de obedecer mais quando entendem a razão da regra.

Claro que tudo deve ser feito na medida certa, crianças muito pequenas podem não entender ou nem ligar para o assunto, enquanto que, para as crianças maiores, o cuidado com a escolha de palavras é essencial, pois isso pode traumatizá-las.


2. Use o tempo para conhecer melhor seu filho

Desenhos e textos são ótimas opções para conhecer melhor as pessoas tímidas ou que tem dificuldade em falar sobre si mesmo. Utilize estas técnicas para soltar a criatividade dos pequenos e também para se aproximar deles.

Use esse tempo para estreitar os laços com sua família e torne este momento de incerteza para construir boas lembranças.


3. A família pode te ajudar mesmo de longe

Utilize os aplicativos de comunicação para que seus filhos interajam com os avós, tios, padrinhos e até com os amigos.

Isso pode te render alguns minutos para focar em uma tarefa do trabalho, mas principalmente irá manter seu filho em contato com outras pessoas.

A infância é uma fase importante para criar e entender as interações sociais. Usar estes aplicativos será uma forma de manter esse convívio.


4. Brincando de trabalhar

Arranje um espaço em sua mesa para o pequeno, monte o próprio escritório e deixe-o “trabalhar” em paz também. Ofereça muito papel e lápis para ele criar.

Neste momento, a Faber-Castell pode lhe ajudar! A empresa possui vários tutoriais com técnicas de pintura e desenhos para seus filhos soltarem a imaginação.



5. Estabeleça objetivos e prêmios

Manter uma rotina de conhecimento é importante para as crianças, principalmente agora que estão longe das escolas.

Dê aos seus filhos um pouco de atividades educacionais todos os dias, alguns exercícios básicos de matemática ou caligrafia os manterão na ativa e assim, quando o isolamento terminar, eles conseguirão voltar ao ritmo escolar.

Determine todos os dias quais exercícios eles precisam fazer e reserve um tempo para revisar o dever de casa juntos.

As crianças mais velhas também podem se envolver em pequenas tarefas dentro de casa, como arrumar o quarto e os brinquedos.

Além das metas, estabeleça recompensas que agradem as crianças, como um tempo extra de videogame ou algum doce.


6. Jogos não são só aplicativo!

Desenterre os jogos de tabuleiro e faça a festa! Vale de tudo: tabuleiros, dominó, quebra cabeça, jogos de cartas e até que só precisa de papel, como “Forca” e “Stop”.

A [editora de livros Darkside] está liberando conteúdos semanais com brincadeiras para as crianças, desde desenhos para colorir até um dominó de monstrinhos.

Uma das atividades mais interessantes (e que pode lhe render um tempo extra) é a “Crie a sua história” e tudo que precisará é de um dado e imaginação.

Ao jogar o dado, o número que cair irá lhe indicar um personagem, um cenário e uma situação, depois de escolhido é só soltar a criatividade. Este jogo pode ser desenhado, escrito ou até mesmo falado.

Você pode acessar o conteúdo completo clicando aqui.



7. A tecnologia também pode ajudar

Ficar conectado só a tela não é a questão, mas não podemos esquecer que vivemos em um mundo tecnológico e conectado. Use os aparelhos, como tablet, celulares e a televisão, com sabedoria. Eles podem ser seu grande trunfo durante aquela reunião importante.

Existem aplicativos para tudo nessa vida, mas o truque aqui é gastar um tempo selecionando os melhores. Quando a televisão, canais infantis e a Netflix são uma boa saída se você está com pressa.

Se você notar que esse meio tem dominado o dia da criança, uma técnica é utilizar o “tempo de tela” como um recompensa por alguma outra atividade realizada, como a organização dos brinquedos ou até uma meta de leitura.


8. Podcasts também podem ser para crianças

O podcast se popularizou entre os jovens e os adultos, mas também existem conteúdos voltados para as crianças. Alguns dos mais conhecidos são:

Podventura: a produção contém 13 episódios de pura aventura em uma história fictícia sobre três irmãos porquinhos;

Histórias de Ninar para Garotas Rebeldes: baseado em um livro de mesmo nome, esta produção retrata a vida de mulheres reais que fizeram a diferença no mundo;

Coisa de Criança: um podcast voltado para o conhecimento científico, a primeira temporadas é toda sobre fenômenos da natureza;

E Se… Podcast: essa produção conta histórias que começam com o famoso “e se?”, por exemplo os episódios “e se pudéssemos voar?” ou “e se pudéssemos viajar no tempo?”, tudo para soltar a criatividade dos pequenos. Um ponto interessante desse podcast é que eles também apresentam fatos curiosos e explicações no seu quadro “É por isso”, a maioria voltado para responder às questões apresentadas pelo “e se?”.

Todos esses podcasts estão disponíveis no Spotify.


Veja também dicas para manter uma rotina saudável passando tanto tempo em casa.






Receba Novidades

Cadastre-se e receba as novidades do mercado imobiliário em seu email.

Blog Leardi - Últimas Notícias

Fique por dentro das novidades do mercado imobiliario e de franquias. Oportunidades, dicas, informação.